Bloqueios do Caixa Tem geram filas nas agências

09/04/2021
/
199 Visualizações

De acordo com o próprio Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, muitos beneficiários foram presencialmente para as agências para tentar desbloquear o aplicativo Caixa Tem. (Por Ester Farias) - foto - Paulinho costa - 

A primeira parcela do auxílio emergencial 2021, foi paga na última terça-feira (6) para os beneficiários nascidos em janeiro que se inscreveram pelo site, aplicativo e CadÚnico. No entanto, muitos cidadãos foram até as agências da Caixa Econômica Federal para tentar fazer alguns procedimentos do aplicativo.

De acordo com o próprio Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, muitos beneficiários foram presencialmente para as agências para tentar desbloquear o aplicativo Caixa Tem.
 
Entretanto, esses casos são muito comuns e acontece com recorrência. Nestas situações, é realmente necessário o desbloqueio da conta presencialmente em uma das agências do banco.

“Estamos pagando aquelas pessoas que nasceram em janeiro. Agora, muitas pessoas estão indo às agências para desbloquearem, eventualmente, o aplicativo do Caixa Tem”, disse o presidente da Caixa em entrevista para a emissora CNN Brasil.

Motivos para o bloqueio no aplicativo
Questionada sobre o número de casos em que as contas foram bloqueadas, a Caixa afirma que em muitas vezes, o próprio usuário acaba travando a conta do aplicativo. Um caso que pode ser citado é quando um mesmo aplicativo registra mais de uma conta, o bloqueio é automático.

Porém, o bloqueio também pode acontecer quando o beneficiário registra mais de um número diferente para a senha do app. Para evitar esses bloqueios, é indicado que o cidadão use apenas uma conta no celular e evite movimentações que pareçam suspeitas para o sistema. (Fonte: Noticias Concursos)

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS