Ministro anuncia que governo Bolsonaro vai privatizar a Petrobras

12/05/2022
/
128 Visualizações

Novo ministro Adolfo Sachsida anunciou que a Petrobras deve ser privatizada

O novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, deve iniciar os estudos do governo para privatizar a Petrobras. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (11), em coletiva de imprensa. Ele assumiu o cargo após a demissão do ministro Beto Albuquerque em meio ao anúncio do aumento do preço do disel.

“Meu 1º ato como ministro de Minas e Energia será solicitar ao ministro Paulo Guedes, o presidente do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos), que leve ao conselho a inclusão da PPSA no PND (Programa Nacional de Desestatização)”, disse Sachsida.

O novo chefe da pasta anunciou que irá pedir estudos sobre a desestatização da Petrobras e a inclusão do Pré-Sal Petróleo (PPSA) no programa de privatizações do governo. Apesar de ter prometido uma economia em linhas mais liberais, a gestão Bolsonaro pouco avançou nas privatizações.

A Petrobras tem sido alvo de constantes críticas do presidente Jair Bolsonaro (PL) em virtude das constantes altas nos preços dos combustíveis. Isso tem afetado a meta da inflação e tem prejudicado a avaliação do governo em ano eleitoral. Bolsonaro deve concorrer à reeleição pelo PL.

“Ainda como parte do 1º ato como ministro, solicito também o início dos estudos tendentes à proposição das alterações legislativas necessárias à desestatização da Petrobras”, também disse o ministro, sem responder as perguntas dos jornalistas.

O ministro disse, ainda, que conta com total apoio do presidente para a privatização da empresa pública. Adolfo Sachsida ainda defendeu o processo de privatização da Eletrobras, afirmando que a venda da companhia deve atrair mais capitais para o Brasil. (Fonte: Congresso em Foco)

Notícias Feeb Pr

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS